Modelo de um roteiro para meditação

Menu

Modelo de um roteiro para meditação

23_an-p60700701º passo

Encontre um local tranqüilo. Sente-se confortavelmente. Invoque em silêncio o Espírito Santo e reze pausadamente o Pai nosso.
2º passo
Leia o texto bíblico, que vocês escolheu para meditar, devagar, duas ou três vezes se for necessário. Procure familiarizar-se com o texto.
3º passo
Leia o texto colocando você e sua vida no texto. Coloque-se dentro do texto, imaginando você conversando com Jesus.
4º passo
Escolha o versículo que mais lhe tocou e repita-o diversas vezes, cada vez com maiores intervalos, até que você repouse plenamente, silenciosamente em Deus. Fique assim o maior tempo possível.
5º passo
Converse com Deus sobre aquilo que refletiu. Faça a prece que seu coração inspirar fazer no momento: louvor, súplica, perdão; pode até sussurrar uma canção. Reze o Pai nosso bem devagar e volte aos seus trabalhos.

Reflexões sobre oração

Uma definição muito antiga de oração descreve-a como: “a elevação da mente e do coração a Deus”. Mas, normalmente, nossa oração fica limitada à mente, recitando orações, refletindo sobre algo ou pedindo coisas a Deus. Entretanto, isto é apenas a metade do mistério da oração. A outra metade é a oração do coração, em que não nos detemos pensando em Deus, nem falando com ele, nem suplicando-lhe alguma coisa. Permanecemos simplesmente com Deus, que está em nós pelo Espírito Santo, que Jesus nos enviou. O Espírito Santo é uma corrente de amor que flui constantemente entre Pai e Filho. (…).
Para entender o que é oração, pense na oração como se fosse uma grande roda de carruagem (carroça):
1- O propósito da roda é mover a carruagem. Oração é a roda que move nossa vida espiritualmente em direção à Deus.

2- Para mover-se, a roda precisa manter contato com o chão. Se a roda não tocar o chão, ela não pode mover a carruagem; a roda irá apenas girar no ar, sem levar a lugar algum. Portanto, deve haver um tempo e lugar real em nossa vida diária, para nós dedicarmos à oração.

3- Os raios da roda são como as diferentes formas de oração. Todas as formas de oração são válidas e efetivas. Nós temos a Eucaristia, a oração de petição e intercessão, os sacramentos, a leitura das Escrituras, as devoções pessoais, o rosário, etc. Diversas pessoas demonstram preferência por determinados caminhos de oração.

4- O que mantêm os raios juntos e gira a roda é o aro central. Os raios convergem no aro central da roda. Nós podemos pensar no aro central como sendo a Oração do próprio Jesus que habita em nosso coração.

5- No aro central da roda existe quietude. Sem este ponto de estabilidade no centro da roda, não poderia haver movimento nem crescimento na circunferência.

6- Meditação é encontrar a quietude no centro de nosso ser. Quando nós meditamos, nós entramos nesta quietude central, que é a fonte de toda ação, nosso movimento em direção à Deus, através de Cristo dentro de nós. O movimento da roda requer quietude no centro. Este é o relacionamento entre a contemplação e a ação.
(D. Laurence Freeman, osb)

http://www.wccm.com.br