Conscientização do Dizimista

Menu

Conscientização do Dizimista

imagem853Sabemos que evangelizar é um dever de todo Cristão. Uma tarefa difícil, que deve ser feita com muito amor. O DÍZIMO POSSIBILITA A EVANGELIZAÇÃO. Embora a palavra dízimo tenha o significado da décima parte, ou dez por cento, cada pessoa deve definir livremente o valor. A palavra de Deus nos explica: “Cada um dê conforme decidir seu coração, sem pena ou constrangimento” porque Deus ama a quem dá com alegria. (2Cor9,7)

Quando você vem à Igreja, encontra tudo que é necessário para uma boa celebração. Você senta nos bancos, está tudo limpo; olha para o presbitério, velas acessas sobre o altar, toalhas, flores. Olha para cima, luz, sistema de som. É claro! Você está contribuindo para que tudo isso esteja acontecendo. Não podemos esquecer a compra do material litúrgico (hóstia, folhetos , patena, cálice, vinho, etc), conta da luz, água, material para a secretaria, salário dos funcionários, gastos com as necessidades básicas do clero (alimentação e paramentos), manutenção da Igreja, despesas pastorais com a formação, despesas com a promoção humana e social. Para atender essas necessidades e outras aqui não mencionadas, a igreja necessita DO COMPROMETIMENTO DE TODOS.

“DÍZIMO E OFERTA NÃO SÃO A MESMA COISA”

DÍZIMO é um compromisso estável assumido com a comunidade através do qual a Paróquia se mantém. É um mandamento da Igreja.

OFERTA, por sua vez, é um gesto espontâneo dado quando possível e sem a necessidade de uma quantia estável – Ambos – dízimo e oferta-se complementam-se e são a base de sustentação de uma Igreja. Convide seu irmão, que ainda não é dizimista para essa conscientização. Se você está algum tempo sem pagar, esqueça, olhe para frente e volte a ser dizimista, nada lhe será pedido pelo período em que ficou sem contribuir. Procure um agente da pastoral do dízimo sempre presente nas missas dominicais ou a secretaria da Paróquia.

Boa Conscientização.

fonte: http://www.loreto.org.br/conscientizacao-do-dizimista/