A honestidade vem do berço, A corrupção também

Menu

A honestidade vem do berço, A corrupção também

carteiraQuando éramos crianças e chegávamos em casa com algo que não nos pertencia, nossa mãe nos obrigava a ir devolver ao legitimo dono, mesmo se ele dizia que não precisava e que ele  nos tinha dado. A vergonha era tão grande que nunca mais aceitávamos algo que não nos pertencia. Outro dia um taxista devolveu uma carteira cheia de dinheiro que um passageiro tinha esquecido em seu carro, o fato é tão impressionante e extraordinário que os meios de comunicação o noticiavam.

O que geralmente acontece é o contrário; parece que a honestidade deixou nosso planeta. A gente se pergunta por que certas pessoas ficam ricas enquanto o trabalhador, mesmo dando duro todo dia permanece pobre.

A gente se pergunta por que a maioria dos governantes são corruptos e sempre temos a mesmo resposta. Eles chegaram à fortuna ou ao poder porque usaram qualquer meio para conseguir sua meta; golpe, compra de votos, roubo, falcatruas.

Pessoa honesta que só usa meios honestos e decentes sempre leva a pior, não ganha dinheiro e raramente ganha eleições. É como diz um político mineiro; na política só tem um pecado; perder a eleição, todo o resto é permitido. Quando ouvimos quanta mentira e quanta roubalheira no meio que pensávamos que era a elite da nação, aqueles que deveriam dar o exemplo, quanta baixeza, quanta falsidade, a gente se pergunta, que pais e este?

Aqueles que antes eram amigos e colegas na roubalheira, agora furam o olho um do outro, se acusam mutuamente para salvar o própria pele, se dizem inocentes mesmo perante provas claras, mentindo descaradamente.

Que exemplo triste para nossa juventude. Que decepção para quem está trabalhando honestamente, que tristeza para os pobres, os desempregados, os excluídos, vítimas desta pouca vergonha de nossas elites e de suas reformas políticas vergonhosas que roubam todas as conquistas sociais dos últimos cem anos.

Dizem que o crime não compensa mas muitas vezes provoca muito sofrimento, angustia e tristeza em quem trabalha honestamente e luta para sobreviver, e este sofrimento ninguém consegue compensar mesmo se alguns dos ladrões de colarinho branco passam alguns anos atrás das grades ou moram em palácios com uma tornozeleiros, gozando todas as mordomias de suas fortunas escondidas em paraísos fiscais.

Onde está todo este dinheiro?

Quantas casas, hospitais, crêches podiam ter sido construídas com este dinheiro que foi roubado do povo simples, pobre, excluído e sofrido de nosso pais.

A Bíblia considera como o maior pecado a injustiça, a desonestidade, roubar da pequeno e do pobre o direito de viver honestamente sua dignidade de pessoa humana e de filho de Deus.

A criação não foi dada a alguns mas a todas e se apoderar daquilo que o outro precisa para viver com dignidade e o pior de todos os pecados.

 

 

Texto Escrito pelo Pe. Lambert Noben MO – Padres do Trabalho lambertnoben@gmail.com