Legião de Maria

Menu

dsc02295

Legião de Maria

legiao_20de_20mariaPastoral Família

Realizamos 1831 visitas domiciliares entre lares, estabelecimentos comerciais e visitas direcionadas. Nas visitas procuramos primeiramente ouvir o que as pessoas têm a nos dizer. A partir de suas queixas, vemos em que melhor podemos ajudá-los e orientá-los, sempre passando a importância da fé em Deus. Para os católicos, informamos os horários de missa e atividades da paróquia, além de falar sobre a Legião de Maria e convidá-los, quando vemos que possuem as condições de admissão, a participarem do movimento. Para as pessoas de outras religiões, falamos sobre Deus e nosso movimento, evitando os conflitos desnecessários que não são agradáveis a Deus. O contato foi com 5442 pessoas. Realizamos catorze entronizações do Sagrado Coração de Jesus e do Imaculado Coração de Maria. Tivemos contato com 54 pessoas.

Pastoral Movimento e Espiritualidade

Visitamos 702 membros auxiliares que fizeram aniversário no período. Nas visitas, ratificamos que os mesmos estão cumprindo com os seus deveres legionários de rezarem o terço e a tessera diariamente. Vemos que há necessidade de realizar essa visita com maior freqüência, pois eles ficam muito felizes com a visita, reforçando o compromisso. Incentivamos as curiae e praesidia que o façam no aniversário e nos convites para a Festa de Acies e para o Encontro de membros auxiliares. Nessas ocasiões foram relatados 59 convites. Trinta membros foram contatados por telefone, pois não foram encontrados em seus lares. Para os membros que não foram encontrados em casa, o cartão é deixado com alguém da casa ou, quando ninguém é encontrado, volta-se outro dia ou o cartão é deixado na caixa de correio.

Pastoral Evangelização

Realizamos 195 encontros para reflexão da palavra de Deus. As origens dos encontros são variadas, como Campanha da Fraternidade, roteiros passados pela paróquia, entre outros diversos. Nos encontros é incentivada a participação de todos. O objetivo maior é a realização dos mesmos nas casas das pessoas que não participam ativamente das atividades paroquiais, procurando animá-los a servir na comunidade. Há uma média de vinte pessoas por encontro. Formamos um grupo de estudo sobre a vida de São Luís Maria de Monfort, o qual foi muito proveitoso para aprofundarmos mais e mais o conhecimento do padroeiro da Legião de Maria e grande Mariologista. O grupo foi composto por 27 pessoas.

Pastoral Saúde

Visitamos 241 hospitais. Foram diversos hospitais, mas o de maior freqüência foi o Hospital da Baleia, devido à sua proximidade. Visitamos também 789 enfermos nos lares. Procuramos passar uma palavra de fé e esperança de dias melhores neste momento difícil na vida de qualquer um. Conversamos também com os acompanhantes que muitas vezes sofrem tanto ou mais ao verem seus parentes e amigos passando por essa situação. Vemos que durante a enfermidade a procura por Deus aumenta, por isso, incentivamos sempre a estar buscando força na oração e falamos para que entreguem tudo na mão de Deus, pois Ele sabe o que é melhor para nós. Durante o período, foram distribuídas 874 comunhões a enfermos em seus lares. Antes da comunhão é feita uma preparação baseada no evangelho de Domingo. A comunhão é levada semanalmente. O contato total entre hospitais, enfermos no lar e distribuição da comunhão foi com 7773 enfermos.

Durante o período organizamos uma missa para os enfermos da paróquia. O convite é feito para todos os enfermos da paróquia, providenciando o veículo para buscá-los em seus lares e ajudando na acomodação na Igreja.

Gostaríamos de destacar um trabalho que é realizado no Hospital da Baleia. Uma vez por semana, os legionários levam a comunhão às pessoas internadas. Os legionários que não são ministros da Eucaristia passam nos quartos antes para conversar com as pessoas, verificando se estão em condições de receber a Sagrada Comunhão e fazendo a preparação necessária. Foram preparados 350 pacientes.

Após a Comunhão o terço é rezado na paróquia do Hospital, o qual tem a participação dos acompanhantes e funcionários do Hospital. Quinzenalmente, o padre celebra a Santa Missa, a qual tem excelente participação. Os médicos do hospital relatam que vêem uma melhora nos pacientes após o trabalho legionário.

Pastoral Criança

Visitamos 128 vezes as creches da região, destacando-se as creches Tia Dolores e Criança Feliz. A primeira é composta por crianças com problemas mentais e de subdesenvolvimento físico. Servimos refeição para elas e brincamos, sempre com muito carinho, pois vemos que elas são muito carentes de afeto. Na creche Criança Feliz, ajudamos na preparação da refeição das crianças e ensinamos o dever escolar. Novamente percebemos a carência das crianças, pois a maioria não tem uma estrutura familiar. Os reflexos são vistos no desempenho escolar e no seu comportamento. Sempre procuramos tratá-las com muito carinho e atenção, para que, apesar de seus problemas, elas possam ter uma oportunidade na vida através dos estudos, e possamos suprir, pelo menos um pouco, a carência afetiva. A média é de 22 crianças por visita.

Visitamos também nove recém-nascidos. Conversamos com os pais sobre a importância de instruir os filhos na fé, a escolha dos padrinhos, que devem ser pessoas que zelem pela educação da criança. Para todos as crianças deixamos a medalha de Nossa Senhora das Graças. Tivemos contato com 398 adultos, somando as visitas às creches e às famílias dos recém-nascidos.

Pastoral Esperança

Participamos de 224 velórios e visitamos 58 famílias enlutadas. Neste trabalho, deparamos com situações de bastante tristeza e muitas vezes desespero por parte dos familiares. Sempre conversamos com eles sobre o sentido da vida, e explicamos que a morte é apenas nossa passagem para a vida eterna. Nos velórios, refletimos as vigílias do livro A Casa do Pai e rezamos o terço. Quando é possível, realizamos a encomendação do corpo, a qual foi feita doze vezes. Com três famílias, realizamos a reflexão dos sete dias do livro A Casa do Pai. As famílias ficam bastante confortadas. Tivemos contato com 2633 pessoas.

Pastoral das Multidões

Realizamos uma via-sacra nas ruas e cinco encontros na Igreja para falar sobre a Igreja e a Legião de Maria. Tivemos contato com 326 pessoas.

Pastoral Idoso

Visitamos 119 vezes diversos Asilos como Asilo Afonso Pena, Lar dos Idosos, Vila Vicentina, Casa de Repouso Madre Beatriz, etc. Visitamos também 356 idosos em seus lares. Este trabalho exige o saber ouvir, pois são idosos que não moram com a família e, mesmo aqueles que moram, não têm a atenção devida. Por isso, sempre escutamos com atenção suas histórias, com as quais sempre aprendemos algo.

Notamos o quanto as pessoas não valorizam a terceira idade. É comum vermos casos de pessoas que não vêem parentes há anos. Muitas vezes essas pessoas esquecem esses parentes que eles abandonam no asilo serão eles amanhã e se eles não têm essa consciência hoje em dia, não a passarão para seus filhos e estão fadados ao mesmo abandono que eles promovem atualmente aos seus pais e tios.

Tivemos contato com 1881 idosos e 511 pessoas entre funcionários e acompanhantes.

Pastoral Mariana

Realizamos 1000 encontros marianos para a rezar do terço e outras orações marianas. Esses encontros são marcados com antecedência para incentivarmos as famílias a convidarem mais pessoas para participarem da oração. A média é de 11 pessoas por encontro.

Pastoral Boa Imprensa

Em 23 oportunidades saímos pelas ruas do bairro distribuindo material legionário para as pessoas em escolas, estabelecimentos comercias e para os pedestres, sempre explicando o significado de cada um, difundindo a fé católica. Tivemos contato com 787 pessoas.

Pastoral de Rua

Por 14 vezes conversamos com 147 pessoas pelas ruas do bairro. Fomos três vezes ao posto policial, conversando com dez militares. Tivemos encontro também com cinco drogados e alcoólatras. Em três oportunidades conversamos com as pessoas no ônibus circular que serve a região. Em todos esses contatos falamos sobre Deus e Maria e a importância da fé na vida de todos nós.

Pastoral da Juventude

Após obter autorização da direção, visitamos uma escola do bairro. Conversamos com eles sobre Deus e Maria, falando sobre a importância da catequese e dos sacramentos. Contato com 26 jovens.

Pastoral Catequese

Vários legionários são catequistas e durante o período foram preparadas 90 crianças para receberem a Primeira Eucaristia.

Pastoral Comunicação

Uma paróquia da nossa região possui uma rádio e as legionárias, em 24 oportunidades, participaram de programas, divulgando a Legião de Maria.

Pastoral Carcerária

Visitamos a família de oito encarcerados. Conversamos com eles e vimos o seu sofrimento, pois além de ver um membro da família cometendo atos criminais e sendo afastado do convívio da comunidade e da família, eles também sofrem o preconceito por parte da sociedade. Contato com vinte pessoas.

Um praesidium visitou a delegacia de furtos e roubos duas vezes. Nas duas oportunidades elas verificaram que os detentos estavam muito agitados, principalmente devido à superlotação, a qual obrigava-os a revezar a hora de dormir. Foram visitadas doze celas, distribuindo jornais e revistas para os presos.

Elas pegaram também o telefone e o endereço para mandar notícias para a família. Contato com oito policiais, quarenta internos e cinco legionárias de outras paróquias e algumas mães.

Pastoral Parturiente

Conversamos com doze jovens grávidas. Conscientizamos sobre a importância de ser mãe, os cuidados com pré-natal, nome do bebê, cuidados com o recém-nascido e a importância da amamentação. Contato com dezenove pessoas.

Pastoral Social

Um praesidium juvenil faz um trabalho ensinando outras crianças a faze crochê.

Ajudamos também na limpeza da Igreja e dos salões onde são realizadas as reuniões do praesidia.

Exploratio Dominicalis

São relatados quatro Exploratio Dominicalis no período. No total foram realizadas 138 visitas, entre famílias e estabelecimentos comerciais. O contato foi com 284 pessoas. Foram recrutados 16 membros auxiliares. Em todas as visitas falamos sobre Deus e Maria, conscientizando a todos sobre a importância da fé na vida de cada um e sempre procurando crianças e adultos que ainda não cumpriram os sacramentos.

Resultados Obtidos

Levando a comunhão para o esposo doente, e falando sobre a importância dos sacramentos na nossa vida, sua esposa foi tocada e após 32 anos sem a Eucaristia, se confessou e hoje comunga junto com o marido.

Com as visitas legionárias a uma senhora que freqüentava a Santa Missa mas não recebia a Comunhão, pois não havia feito a Primeira Eucaristia, foi feito o convite a ela para ser um membro auxiliar e ela se interessou, foi preparada e no final do ano fez a Primeira Eucaristia e o Crisma.

Duas irmãs legionárias juntamente com uma ministra da Eucaristia conseguiram encaminhar através das visitas sete pessoas da mesma família de 1 a 17 anos para serem batizadas e receberem a Primeira Eucaristia.

 

Legião de Maria em Belo Horizonte
http://www.legiaodemariabh.org.br